Fontes de hidrogénio: gás natural

28 de Janeiro de 2010 ||
Gás natural

Tendo o gás natural na sua composição hidrogénio, poderemos através dele obter este elemento, porém, sendo o gás natural um combustível fóssil, a obtenção do hidrogénio por este método não conferirá o estatuto de fonte renovável ao hidrogénio.
Nos nossos dias a maior parte do hidrogénio é obtido através deste combustível fóssil.
A obtenção deste elemento é feita através da transformação do vapor do gás natural em hidrogénio, e, para tal, é necessário a utilização de energia térmica, para podermos separar os átomos de hidrogénio do átomo de carbono, do CH4. Para tal faz-se reagir vapor de água com o gás natural a altas temperaturas com superfícies catalisadoras como o níquel e a platina.

Este processo divide-se em 2 fases:
Fase 1:
A reacção das duas substâncias vai originar água e monóxido de carbono.
Fase 2:
Uma reacção transforma o monóxido de carbono e a água em dióxido de carbono e hidrogénio.
Estas reacções ocorrem a temperaturas de cerca de 200ºC ou maiores, excepto transformação dos vapores que ocorre a temperaturas entre 600ºC e 1000ºC. Sendo que estas reacções são a temperaturas elevadas, poderemos utilizar o níquel em detrimento da platina, pois o níquel é mais barato e a estas temperaturas as reacções de catálise ocorrem mais facilmente.
Apesar deste processo se ter revelado o mais rentável ao longo dos anos, em termos ambientais não é benéfico pois existe a libertação de dióxido de carbono. 

E, segundo os especialistas, por volta de 2020 será necessário utilizar outro método para se obter o hidrogénio, pois o gás natural é um combustível fóssil e, como tal, poderá acabar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Identifique-se com o seu nome, por favor.