Fontes de biomassa: biodiesel

28 de abril de 2010 ||

O biodiesel é um combustível que é fabricado a partir de óleos vegetais para fritar, sendo os mais comuns os óleos de girassol e de colza para utilização em motores de ignição por compressão (diesel) por um processo químico chamado transesterificação. Pode ainda ser obtido a partir de algodão, mamona ou soja. O biodiesel é principalmente utilizado nos países europeus. Na maior parte dos casos, usa-se uma mistura de biodiesel combinada com combustível convencional.
Principal fonte de biodiesel
Vantagens
Este combustível tem grandes vantagens que não se limitam apenas às questões ambientais visto ter uma grande aplicabilidade, pois pode ser implementado no sector de transportes e carga sem necessidade de qualquer actualização tecnológica. Para além disso, as alterações aos motores requeridas pela utilização deste combustível são pequenas e motivadas pela articulação entre a percentagem da mistura e o fabricante ou modelo do motor.
- Menos poluente que o gasóleo;
- Não contribui para o aumento do efeito de estufa;
- Origina sub-produtos utilizáveis para a agricultura e para a indústria;
- Decompõe-se biologicamente com facilidade, não havendo, em caso de acidente, perigo para o solo ou para as águas subterrâneas;
- Não liberta qualquer composto de enxofre para a atmosfera.

Desvantagens
- A sua capacidade de produção é limitada (depende das áreas agrícolas disponíveis);
- Só pode substituir parcialmente o gasóleo;
- Muito dispendiosa.

2 comentários:

Alba Heating disse...

Bom post.

Veja o blog: http://aquecimentosalamandras.blogspot.com/

Os pellets como fonte de biomassa.

Alba Heating

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze disse...

A grande verdade é que o gasóleo pode ser totalmente substituído pelo biodiesel, ainda que o lobby da OPEP ainda tenha uma grande força política.

Enviar um comentário

Identifique-se com o seu nome, por favor.